BRASILCULTURA E ENTRETENIMENTO

Justiça da Bahia determina cancelamento de show de Gusttavo Lima em meio a crise hídrica

Cantor iria se apresentar no dia 9 de fevereiro na cidade de Campo Alegre de Lourdes/BA

gusttavo lima
Foto: Instagram

A Justiça do estado da Bahia emitiu uma decisão nesta sexta-feira (2) ordenando o cancelamento do show agendado de Gusttavo Lima em Campo Alegre de Lourdes, no norte do estado. A medida ocorreu após uma ação civil movida pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA), que questionou o pagamento de R$ 1,3 milhões ao cantor pelo município, mesmo este enfrentando uma situação de emergência devido à seca. O evento estava previsto para ocorrer no dia 9 de fevereiro, data da padroeira da cidade, que leva o mesmo nome.

Situação de emergência e ação do MP-BA

A decisão judicial foi motivada pela ação movida pelo Ministério Público da Bahia, que argumentou contra o repasse de recursos públicos para um evento de entretenimento enquanto o município encontra-se em estado de emergência devido à seca. O MP-BA alegou que o valor destinado ao cachê de Gusttavo Lima ultrapassaria o orçamento anual da Secretaria Municipal de Cultura, conforme estabelecido na Lei Orçamentária Anual de 2023 e também de 2024.

Repúdio à destinação de recursos

Na decisão proferida pelo juiz Vanderley Andrade de Lacerda, a incompatibilidade entre o investimento no show e a grave situação hídrica enfrentada pela região foi destacada. O magistrado reforçou que o valor destinado ao artista representaria uma quantia superior ao orçamento de toda a Secretaria Municipal de Cultura, indicando um desequilíbrio financeiro diante das prioridades emergenciais do município.

Cancelamento do repasse e responsabilidade da Balada Eventos e Produções

Como parte da determinação judicial, o município de Campo Alegre de Lourdes está proibido de realizar qualquer repasse de valores à empresa Balada Eventos e Produções, responsável pela organização do evento. A decisão ressalta a necessidade de direcionar os recursos públicos para áreas mais prioritárias, especialmente diante do contexto de crise hídrica que aflige a população local.

Repercussão local e expectativas futuras

O cancelamento do show de Gusttavo Lima na cidade de Campo Alegre de Lourdes gerou reações mistas na comunidade, com alguns expressando desapontamento pela suspensão do evento e outros elogiando a decisão judicial como um passo responsável diante das circunstâncias. A expectativa agora é que a administração municipal reavalie suas prioridades financeiras e direcione recursos de maneira mais eficiente, atendendo às necessidades imediatas da população afetada pela seca.

Em um momento em que o debate sobre a responsabilidade na gestão de recursos públicos é essencial, a decisão da Justiça da Bahia destaca a importância de direcionar investimentos para áreas prioritárias, especialmente em situações de crise, evidenciando a necessidade de um equilíbrio cuidadoso entre entretenimento e responsabilidade financeira.

Vitor Pavanelli

Jornalista - Sócio-Proprietário. contatovitorpavanelli@outlook.com

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo