CIDADESSALVADOR

Nove Praias em Salvador estão Impróprias para Banho

Alerta de Balneabilidade deixa banhistas em situação de segurança.

Neste final de semana, nove praias de Salvador apresentam condições impróprias para banho, de acordo com dados divulgados pelo Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema). O fato é que, durante períodos chuvosos, as praias podem ficar expostas a detritos de detritos variados, que são carregados nas ruas por meio das galerias pluviais, aumentando o risco de contaminações e doenças.

Praias Improprias Salvador
(Foto: Reprodução/Internet)

Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) Divulga Informações

A avaliação do Inema utiliza critérios rigorosos para aferir a balneabilidade das praias, sendo um dos indicadores principalmente a presença da bactéria Escherichia coli (E. coli), que é comum em fezes humanas e de animais. Essa bactéria é encontrada em esgotos, efluentes, águas naturais e solos contaminados por resíduos fecais recentes.

Detritos e Chuvas Podem Contaminar as Praias e Causar Riscos à Saúde

A coleta de amostras é preferencialmente realizada durante o dia de maior frequência de banhistas nas praias. Uma praia é considerada imprópria para banho quando a densidade de E. coli excede 800 UFC/100 ml em duas ou mais amostras coletadas em um conjunto de cinco semanas, no mesmo local, ou quando o valor da última amostragem ultrapassa 2000 UFC/100 ml .

Bactéria Escherichia coli é um Indicador de Avaliação da Balneabilidade

Além disso, mesmo com baixas densidades de bactérias fecais, uma praia pode ser particularmente complexa em situações como derramamento de óleo, vazamento de esgoto, ocorrência de maré vermelha, ocorrência de algas potencialmente tóxicas, presença de outros organismos ou surtos de doenças transmitidas pela água.

Confira as praias impróprias para banho em Salvador:

  1. Tubarão (em frente ao conjunto habitacional abandonado, próximo à antiga fábrica de cimento);
  2. Periperi (na saída de acesso à praia, após travessia da via férrea);
  3. Penha (em frente à barraca do Valença);
  4. Bogari (em frente ao Colégio da PM, antigo Colégio João Florêncio Gomes);
  5. Pedra Furada (atrás do Hospital Sagrada Família, em frente à ladeira de acesso à praia);
  6. Rio Vermelho (em frente à Rua Bartolomeu de Gusmão, próximo à escada de acesso à praia. E em frente à igreja Nossa Senhora de Santana);
  7. Buracão (em frente às escadas de acesso à praia);
  8. Pituba (em frente à Portinox e à Rua Paraíba e próximo à rampa de acesso à praia que fica em frente ao Ed. Atlântico Empresarial, atrás do antigo clube Português);
  9. Armação (em frente ao Hotel Alah Mar e à Rua João Mendes da Costa).

A recomendação é que os banhistas verifiquem as condições de balneabilidade antes de frequentar as praias e sigam as orientações das autoridades para garantir a segurança e a saúde de todos.

Vitor Pavanelli

Jornalista - Sócio-Proprietário. contatovitorpavanelli@outlook.com

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo