BRASIL

Veja qual a empresa de Renato Cariani, a Anidrol

Ação da Polícia Federal e Investigação em Andamento

renato cariani empresas
Foto: Instagram

Nesta terça-feira (12), a Polícia Federal deflagrou a Operação Hinsberg, focada em investigar o empresário e influencer fitness Renato Cariani. A operação tem como objetivo principal desmantelar atividades relacionadas ao tráfico de drogas e ao desvio de um produto químico fundamental na produção de crack.

O Enfoque na Empresa Anidrol e a Residência do Influencer

A investigação concentra-se na empresa Anidrol, uma indústria química localizada em Diadema, na Grande São Paulo, da qual Cariani é sócio. A residência do influencer também foi alvo das buscas realizadas pela Polícia Federal durante a operação.

Possíveis Acusações e Penas Previstas

Os envolvidos nessa operação podem enfrentar acusações de tráfico equiparado, associação para fins de tráfico, bem como lavagem de dinheiro. As penas atribuídas a esses crimes podem ultrapassar 35 anos de reclusão, conforme apontado pelas autoridades policiais.

Apoio e Colaboração entre Órgãos de Investigação

A Operação Hinsberg conta com o apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público de São Paulo (MPSP), e da Receita Federal, demonstrando a colaboração entre as entidades na apuração desses crimes.

Histórico da Investigação: Alerta de Empresa Farmacêutica Multinacional

A investigação teve início no ano passado após uma empresa farmacêutica multinacional relatar à Polícia Federal que foi notificada pela Receita Federal sobre notas fiscais faturadas em seu nome, com pagamento em dinheiro não declarado, levando a suspeitas iniciais que desencadearam a atual operação.

Desdobramentos da Operação e Aguardo por Esclarecimentos

A Operação Hinsberg representa um desdobramento significativo na investigação sobre tráfico de drogas e desvio de produtos químicos, envolvendo o influencer Renato Cariani e a empresa Anidrol. A espera por esclarecimentos adicionais e desdobramentos legais continua, enquanto as autoridades prosseguem com suas apurações para elucidar os detalhes desse caso.

Vitor Pavanelli

Jornalista - Sócio-Proprietário. contatovitorpavanelli@outlook.com

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo