BRASIL

Chega ao fim a greve do metrô de São Paulo

Greve Geral em São Paulo causou caos e recorde de congestionamento na cidade

metrô são paulo greve terminou
Imagem: Divulgação

Nesta terça-feira (28/11), São Paulo registrou um recorde de congestionamento durante a terceira greve geral do Metrô, da CPTM e da Sabesp. A greve terminou nesta quarta-feira (29/11) às 00:00 e, enquanto o Governo do Estado fazia um balanço dos impactos, a população enfrentava dificuldades para se deslocar pela cidade. Apesar das manifestações contra as privatizações, o governo não recuou em suas decisões.

Congestionamento histórico:

De acordo com a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), às 8h, a cidade registrou incríveis 630 km de congestionamento, superando a média de 573 km para o período. A paralisação dos transportes públicos impactou diretamente na mobilidade urbana, causando transtornos para milhares de pessoas que precisaram recorrer aos veículos particulares para se locomover.

Resistência governamental:

Apesar dos protestos e da demonstração de insatisfação da população, o Governo do Estado não recuou nas privatizações que motivaram a greve. A falta de diálogo entre as partes envolvidas é notável, gerando um impasse que afetou diretamente no cotidiano dos cidadãos.

Ações da prefeitura:

Para tentar minimizar os impactos da greve, a prefeitura de São Paulo aumentou a frota de ônibus em circulação, além de estender itinerários em pelo menos 30 linhas metropolitanas. Essas medidas visam atender à demanda e ajudar aqueles que dependem do transporte público para se deslocar pela cidade.

Em resumo

A terceira greve geral do Metrô, CPTM e Sabesp em São Paulo resultou em um cenário caótico, com recorde de congestionamento e dificuldades para a população se deslocar. Enquanto o Governo do Estado mantém sua posição em relação às privatizações, a população continua a sofrer as consequências. É necessário um diálogo aberto e transparente entre todas as partes envolvidas para que sejam encontradas soluções que atendam tanto aos interesses do governo quanto aos direitos e necessidades da população paulistana.

Vitor Pavanelli

Jornalista - Sócio-Proprietário. contatovitorpavanelli@outlook.com

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo