BRASILPOLÍTICA

Jair Bolsonaro pede adiamento de depoimento ao STF sobre fake news

Ex-presidente teve pedido encaminhado ao STF.

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) apresentou nesta quarta-feira, 30, um pedido ao Supremo Tribunal Federal (STF) para adiar seu depoimento à Polícia Federal (PF) relacionado à investigação sobre a disseminação de fake news. Bolsonaro era aguardado para prestar explicações nesta quinta-feira, 31, acerca das mensagens golpistas envolvendo empresários aliados de seu governo.

Pedido encaminhado ao STF

O pedido de adiamento do depoimento de Bolsonaro foi formalmente encaminhado ao STF hoje. A solicitação tem como objetivo dar mais tempo para que a defesa do ex-presidente se prepare adequadamente para o encontro com a Polícia Federal.

Investigação sobre mensagens golpistas

A investigação em questão busca analisar as mensagens golpistas que foram compartilhadas por empresários próximos ao governo de Bolsonaro. As autoridades estão empenhadas em esclarecer possíveis ligações entre o ex-presidente e a disseminação de desinformação.

Respeito ao processo legal

Bolsonaro ressaltou, através de sua assessoria, que respeita integralmente o processo legal e está disposto a colaborar com as investigações. O ex-presidente deseja fornecer todas as explicações necessárias para esclarecer os fatos sob investigação.

Decisão do STF e aguardo da Polícia Federal

Cabe agora ao STF analisar o pedido de adiamento do depoimento e tomar uma decisão. Enquanto isso, a Polícia Federal aguardará a determinação da Suprema Corte para prosseguir com o processo.

Expectativas da investigação

A investigação tem como objetivo principal esclarecer possíveis violações da lei e apurar as responsabilidades relacionadas à disseminação de fake news envolvendo empresários aliados ao governo de Jair Bolsonaro. A sociedade aguarda por respostas concretas e transparentes.

Jair Bolsonaro STF
(Foto: Instagram)

Vitor Pavanelli

Jornalista - Sócio-Proprietário. contatovitorpavanelli@outlook.com

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo