BRASIL

Veja quem é Luan, da dupla Marco e Luan, acusado de agredir sua mãe

Vídeo que viralizou nas redes sociais mostra a agressão após discussão entre o cantor e sua mãe; Ambos serão intimados para prestar esclarecimentos na delegacia

Foto: Instagram – Cantor Luan

Um vídeo chocante que circulou nas redes sociais nesta terça-feira (7) mostra o cantor Luan (instagram do cantor Luan), da dupla Marco e Luan, também conhecido como Gutierrez Jose, agredindo a própria mãe em frente a uma distribuidora em Guapó, Região Metropolitana de Goiânia. A agressão teria ocorrido no último sábado (4), após uma discussão entre os dois, no meio de uma rua.

A agressão capturada em vídeo

No vídeo, é possível ver a discussão entre o cantor e sua mãe, seguida por empurrões de ambas as partes. Em um momento mais violento, Luan empurra sua mãe com força, fazendo-a cair e bater a cabeça no chão.

Tentativa de contato com Luan

O portal Vitor Pavanelli tentou entrar em contato com Luan para obter seu posicionamento sobre o ocorrido, mas até a publicação desta reportagem, não houve resposta por parte do cantor.

Versão da mãe do agressor

Posteriormente, a mãe do agressor, identificada como Andréia, gravou um vídeo admitindo ser a culpada pela agressão sofrida. Ela afirma que, devido ao uso de medicamentos controlados e consumo excessivo de bebida alcoólica, ela partiu para cima de Luan, que apenas se defendeu ao empurrá-la. Andréia ressalta que a agressão não foi intencional por parte do cantor.

Investigação policial e procedimentos legais

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil de Guapó, e tanto Luan quanto sua mãe foram convidados informalmente a prestar esclarecimentos na delegacia. No entanto, ambos ainda não responderam à solicitação da polícia. Agora, serão intimados formalmente para que a investigação prossiga. A mãe do cantor também passará por um exame de corpo de delito.

De acordo com o delegado André Veloso, o crime de lesão corporal contra a mulher é de ação pública incondicionada, ou seja, não depende da manifestação ou vontade da vítima para que a polícia tome medidas. Dessa forma, a investigação seguirá independentemente das declarações de Andréia.

A sociedade aguarda agora a continuação das investigações para que a verdade sobre o ocorrido seja esclarecida, garantindo que a justiça seja feita. É importante ressaltar que a violência doméstica é um crime sério e qualquer forma de agressão deve ser repudiada e punida de acordo com a lei.

Vitor Pavanelli

Jornalista - Sócio-Proprietário. contatovitorpavanelli@outlook.com

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo